leg

Como posso votar?

O voto é feito pelo correio. É permitida a opção pelo voto presencial. Votar pelo correio:​

  • Receberá na sua morada um boletim de voto e dois envelopes, um de cor verde e outro branco, para devolver ao Ministério da Administração Interna.
  • No boletim, deverá assinalar a opção de voto, dobrar o boletim de voto em quatro e colocá-lo dentro do envelope de cor verde e fechá-lo.
  • Deverá introduzir o envelope de cor verde no envelope de cor branca, juntamente com uma cópia do seu cartão de cidadão ou bilhete de identidade e, depois de fechado, deve enviá-lo para o endereço presente nas instruções do boletim, pelo correio, antes do dia da eleição. 


Importante: Para receber o seu boletim de voto deverá certificar-se que a sua morada no Cartão de Cidadão se encontra actualizada e confirmada. Poderá consultá-la presencialmente nesta Secção Consular ou através da Aplicação do Cartão de Cidadão.

Para optar pelo voto presencial, informa-se que após a data de marcação da eleição por parte do Presidente da República e até às eleições não poderá optar pelo voto presencial.

Voto Antecipado

Se está temporariamente na Irlanda, pode votar antecipadamente se estiver recenseado em território português e deslocado por: - Inerência de funções públicas
- Inerência de funções privadas
- Quando deslocados no estrangeiro em representação oficial de seleção nacional, organizada por federação desportiva dotada de estatuto de utilidade pública
- Estudantes, investigadores, docentes e bolseiros de investigação deslocados nos estrangeiro em instituições de ensino superior, unidades de investigação ou equiparadas reconhecidas pelo ministério competente
- Doentes em tratamento no estrangeiro
- Que vivam ou que acompanhem os eleitores mencionados anteriormente.
 
Os eleitores que se encontrem nas condições previstas, podem exercer o seu direito de voto neste posto consular entre o 12º e o 10º dia anteriores ao dia da eleição, mediante apresentação de comprovativo da respetiva situação.

Perguntas Frequentes
Consulte aqui a página da Comissão Nacional de Eleições.

  • Partilhe